Planos de Amostragem

A dispersão de um contaminante num solo depende, fundamentalmente, da natureza do contaminante, das propriedades do solo e do contexto hidrogeológico. Por isso, o conhecimento da geologia e da hidrogeologia, e da sua relação com os constituintes químicos do contaminante, é fundamental para o estabelecimento de planos de amostragem eficazes.

Planos de amostragem eficazes, definidos com base em abordagens geoestatísticas, contribuem de forma distintiva para a obtenção de dados úteis.

O envolvimento dos técnicos da Geoplano Ambiente na definição dos planos de amostragem contribui para uma ponderação mais correcta da incerteza e dos riscos, e para a redução dos custos potenciais associados às acções de avaliação e remediação.